Mercado com energia solar Gravataí - Elysia sistema fotovoltaico empresarial

Início da taxação da energia solar pode ser adiado por mais um ano

Publicado em de de

Projeto de Lei que tramita na Câmara adia em um ano início da taxação de energia solar a quem produz a própria energia

Apelidada de “taxação do sol”, a cobrança dos custos de distribuição para geradores de energia solar está prevista para 7 de janeiro de 2023. Isso conforme prevê o Marco Legal da Geração Distribuída, lei sancionada neste ano.

Faça agora um orçamento gratuito para gerar energia solar no seu imóvel

Mas um Projeto de Lei que tramita na Câmara dos Deputados pode adiar o começo da cobrança em um ano, para janeiro de 2024. De autoria do deputado federal Celso Russomanno (Republicanos), o PL 2.703/2022 acrescenta 12 meses ao prazo original, buscando um tempo maior para as concessionárias se adequarem. Na semana passada, aliás, a Câmara aprovou um requerimento de urgência para acelerar a tramitação do PL.

Conhece a solução da Elysia em que você gana dinheiro gerando energia solar?

A geração própria de energia solar é hoje isenta de uma parte da tarifa da energia, referente aos custos de distribuição. O Marco Legal da Geração Distribuída, no entanto, estabelece, entre uma série de outras regras, que esse custo passe a ser cobrado dos geradores, o que reduz um pouco a vantagem financeira da adoção de energia solar, embora não a elimine.

Está garantido quem investir antes de 7 de janeiro de 2023

Além disso, a Lei estabelece que todas as instalações de sistemas de geração solar feitas antes da entrada em vigor da “taxação do sol” permaneçam sob as regras atuais – portanto, isentas da cobrança – até 2045.

Ou seja, quem instalar painéis solares em casa hoje ainda poderá usufruir da isenção, mantendo o percentual de economia atual, até praticamente o fim da vida útil dos seus equipamentos, que varia de 25 a 30 anos.

Agora é aguardar para saber se essa lei que adia a cobrança da nova taxa irá avançar. Aqui no blog da Elysia, você saberá em primeira mão. Fique atento.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

, , ,

Energia limpa: crescimento de 50% em 2023

Continue lendo
ons prevê nivel baixo de reservatorios

Alerta do ONS: níveis das hidrelétricas no Brasil podem chegar a 36% até julho 

Continue lendo

, ,

Recorde de demanda de energia: Sistema Interligado Nacional responde com eficiência e sustentabilidade 

Continue lendo

, , ,

Brasil já adicionou 2 GW de energia solar em 2024 

Continue lendo