Conta de luz - Elysia energia solar RS

Reajuste tarifário da CEEE-D será na faixa dos 10%, de acordo com a jornalista Giane Guerra

Publicado em de de

Prepare seu bolso novamente: em novembro, vem mais um reajuste da conta de luz para os gaúchos clientes da CEEE

Prepare seu bolso, consumidor da CEEE: em novembro vem mais um aumento na conta de luz. A informação é da jornalista Giane Guerra, colunista de GZH, que noticiou, na última sexta-feira (1º), o percentual que deve ser anunciado pela concessionária gaúcha, recentemente comprada pela empresa Equatorial. 

De acordo com Giane, a CEEE já encaminhou o pedido de reajuste à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que promoveu uma audiência pública e colocou o valor do aumento sob consulta.

RGE anunciou aumento médio de 9,93% em julho

A previsão é de que os aumentos sejam de:

10,40% – consumidores residenciais
10,85% – baixa tensão
6,01% – alta tensão
Reajuste médio de 9,52%

Após a análise da Aneel, divulga-se oficialmente o reajuste, que passa a valer, portanto, a partir do dia 22 de novembro. O aumento vai atingir 1,7 milhões de consumidores gaúchos, uma vez que a CEEE-D atende a 72 municípios do estado.

Quer entender como funcionam os reajustes da conta de luz?

Vale lembrar, aliás, que este reajuste faz parte da chamada Revisão Tarifária Periódica (RTP),  que ocorre de quatro em quatro anos. Neste ano, excepcionalmente, essa revisão vai se somar ao tradicional aumento anual. 



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

Aumento da conta de luz - Elysia Energia Solar Rio Grande do Sul

, ,

Conta de luz da CEEE fica 14,62% mais cara para consumidores gaúchos

Continue lendo
Conta de luz - Elysia energia solar

, ,

Conta de luz em 2022 pode ter aumento de 21%

Continue lendo
Aumento na conta de luz dos gaúchos - Elysia Energia Solar Porto Alegre Rio Grande do Sul

,

Bandeira tarifária mais cara da conta de luz deve vigorar pelo menos até abril de 2022

Continue lendo
Conta de luz - Elysia energia solar RS

, ,

Reajuste tarifário da CEEE-D será na faixa dos 10%, de acordo com a jornalista Giane Guerra

Continue lendo