Grupo Sicredi energia solar Elysia

Referência sustentável no Brasil, Centro Administrativo do Sicredi adota energia solar em modelo carport

Publicado em de de

Com projeto e instalação da Elysia, sistema de energia solar da Sicredi atende à demanda energética integral dos aparelhos de ar-condicionado

O Centro Administrativo Sicredi (CAS), localizado em Porto Alegre, recebeu a instalação de energia solar no sistema de carport. Trata-se de um modelo de sistema fotovoltaico no qual os painéis alocam-se nas coberturas do estacionamento. Projetado e instalado pela Elysia, o sistema tem capacidade para gerar energia correspondente a cerca de 8 a 10% do consumo mensal do CAS.

Faça agora um orçamento de energia solar para seu imóvel

Com a produção, a matriz gerencial do Centro Administrativo Sicredi prevê reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa em 240 toneladas anuais. Isso que equivale, portanto, à retirada de circulação de 50 veículos movidos à combustão. Conforme a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, um veículo típico de passageiros emite, em média, cerca de 4,6 toneladas métricas de dióxido de carbono por ano.

O sistema usado pelo Sicredi compõem-se por 779 módulos solares monocristalinos – modelo de placa mais eficiente. Além disso, funcionam três inversores, equipamentos responsáveis por fazer a transição de corrente contínua para alternada. A Elysia foi responsável por todas as etapas da obra – desde o projeto até a homologação do sistema junto à concessionária. Trata-se de uma solução chamada de “turn key”, na qual o consumidor entrega as chaves do imóvel para que a empresa assuma a tarefa do início ao fim.

Centro Administrativo do Sicredi é considerado o mais sustentável do Brasil

Em setembro do ano passado, o Centro Administrativo Sicredi (CAS) recebeu a recertificação Leadership in Energy and Environmental Design (LEED). O reconhecimento alçou o complexo da cooperativa ao topo do ranking entre os 12 prédios avaliados que ostentam o certificado no Brasil.  O CAS é o único imóvel com certificação no Rio Grande do Sul na categoria “Operação e manutenção de prédios já existentes”.

A primeira certificação da edificação havia sido conquistada em 2016, após o local ter sido avaliado em aspectos como Processo Integrado, Lotes Sustentáveis, Eficiência da Água, Energia e Atmosfera, Qualidade Interna dos Ambientes e Inovação e Prioridades Regionais. Entre as áreas avaliadas, o CAS se destacou por promover a eficiência energética por meio da contratação no mercado livre de energia, cujo fornecimento de energia elétrica é proveniente de fontes renováveis. O local, inclusive, já possui bicicletário com geradores fotovoltaicos.  Outro diferencial é que, durante a frenagem dos elevadores, um sistema regenerativo converte a energia mecânica em elétrica. Esse sistema reduz ainda mais o consumo energético do complexo.

O CAS ocupa uma área de 28,6 mil metros quadrados, dos quais cerca de 8,7 mil deles de área verde, que privilegiam espécies nativas. No local, funciona o conglomerado de empresas responsáveis pelo desenvolvimento de soluções, produtos e serviços, tecnologia e processos, que atende às necessidades de todas as 108 cooperativas e cinco centrais regionais. O espaço abriga a Confederação Sicredi, a Fundação Sicredi, a Sicredi Fundos Garantidores e a holding Sicredipar.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

mercado livre de energia

Mercado livre de energia registra movimentação de R$ 100 bilhões em 2023

Continue lendo
tendências em tecnologia solar

,

Explorando as tendências em tecnologia solar: inovação rumo a um futuro sustentável 

Continue lendo
crescimento da energia solar

, ,

Energia solar lidera crescimento recorde de renováveis em 2023, destaca estudo da IRENA

Continue lendo
Energia solar Rio Grande do Sul

, ,

Energia solar no Rio Grande do Sul: três indústrias impulsionam economia e sustentabilidade 

Continue lendo