Os 10 setores que mais consomem energia elétrica no Brasil

Publicado em de de

A solução definitiva para reduzir o custo de energia elétrica e contribuir para a preservação ambiental é investir em energia solar

A energia solar tem o potencial de revolucionar a vida financeira de uma empresa – em especial, negócios do setor industrial. Investindo em um sistema fotovoltaico, portanto, o custo energético de uma empresa pode ter uma redução de 95%. Sendo assim, para os negócios que dependem – e muito – do consumo energético, produzir energia solar é um passo fundamental para a sustentabilidade – ambiental e financeira – de uma empresa.

Vamos conhecer o ranking dos 10 maiores consumidores de energia no país?

Indústria de automóveis

A indústria, de forma geral, é o setor que mais consome energia elétrica no Brasil. E a indústria automobilística é um dos setores com maior demanda de energia elétrica. Nesse contexto, é necessário que as fabricantes de automóveis busquem formas de reduzir o custo energético, assim como maneiras de descarbonizar a produção.

Rede hospitalar

É evidente a importância da energia elétrica para essa atividade, ainda mais em tempos de pandemia, como os atuais. Na área da saúde, utilizam-se máquinas que, muitas vezes, funcionam ininterruptamente, o que consome uma quantidade considerável de energia. Além disso, a necessidade de eletricidade constante é tanta que, se não houver a entrada imediata de geradores após uma queda energética, o tratamento de vários pacientes é interrompido.

Shopping centers

Grandes setores comerciais, como shopping centers, são outros grandes consumidores de energia no país. Além do gasto considerável com iluminação, outra grande parte da eletricidade é utilizada na manutenção do sistema de ar condicionado, que permanece ligado por muitas horas seguidas. Uma alternativa para gerar energia de forma mais sustentável em shoppings centers, portanto, tem sido a utilização de energia oriundas de fontes renováveis, como energia solar, energia eólica, energia da biomassa…

Construção civil

Empresas de construção civil necessitam de quantidades significativas de energia para manter seu funcionamento. É preciso energia para extração de material, transporte e produção de muitas matérias-primas, como cimento e aço. No entanto, as etapas referentes à construção e demolição de edifícios acabam sendo as fases que demandam maior potencial energético.

Metalúrgicas

A indústria metalúrgica também é um dos setores da indústria que mais consome energia no Brasil. Assim como em outros casos industriais, o maquinário de peso, essencial para a produção, explica o grande consumo energético. Esses equipamentos são os mais diversos, usados para diferentes funções, desde a produção, modelagem e fundição de materiais.

Indústria de plástico

Na indústria de plástico, existe um maquinário pesado que explica o gasto energético. Elas cumprem diversas funções, mas o equipamento necessário no processo de resfriamento e modulação do material é um dos mais importantes. Sendo parte desse processo realizado por meio de máquinas potentes, e muitas vezes já num processo todo automatizado.

Rede hoteleira

O setor hoteleiro, que conta com hotéis e pousadas em todo o país, também tem a energia como um de seus maiores gastos de infraestrutura. A explicação para isso se dá já que esses locais precisam de eletrônicos funcionando ao longo de todo dia para atender aos hóspedes da melhor forma. Dentre eles, por exemplo, estão equipamentos de refrigeração, aquecedores, elevadores, iluminação, chuveiros, televisores, máquinas da cozinha, entre outros.

Supermercados

Grande iluminação, alto-falantes, sistema de segurança complexo e aparelhos de caixa, uma das demandas energéticas mais importantes de um supermercado com certeza é a refrigeração e climatização do ambiente – e, via de regra, são grandes espaços.

Agricultura

A agricultura é um setor de grande consumo de energia, tanto no âmbito nacional quanto internacional. Para além da produção em si, outros fatores, como o cultivo, transporte e distribuição são responsáveis também por intensificar o consumo de energia desse ramo, que é, portanto, provinda de combustíveis fósseis em diversos países do mundo.

Setor de alimentos

Assim como nos supermercados, comércios do setor de alimentos, como restaurantes e bares, consomem bastante energia para a manutenção da refrigeração e climatização do ambiente.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

Solução de atendimento a clientes com sistemas de energia solar em condição de alagamento

Continue lendo
energia solar

,

Energia solar: avanços e impacto na matriz elétrica brasileira

Continue lendo
brasil

Brasil na vanguarda da transição energética global com energia solar 

Continue lendo
espelhos orbitais

Espelhos orbitais: inovação na produção de energia solar 

Continue lendo