Eficiência energética - Elysia energia solar Rio Grande do Sul

O que é eficiência energética? Como ela beneficia você e o planeta?

Publicado em de de

Entenda as diferentes formas de aplicar a eficiência energética no cotidiano e descubra o impacto positivo que isso tem para a humanidade

A eficiência energética não é um conceito novo. Aliás, desde o início da civilização, os humanos têm tentado fazer mais com menos – basicamente, o que é a gênese da eficiência energética: usar menos energia para realizar uma tarefa. Ao mesmo tempo, a eficiência energética pode ser mais ampla e aplicada em diferentes setores da economia.

Vamos aos exemplos práticos, então, para entender de que forma a eficiência energética se aplica no nosso cotidiano (muitas vezes, sem a gente saber)?

Casas e edifícios com baixo consumo de energia

Casas e edifícios com eficiência energética usam menos energia ao longo do dia do que os edifícios convencionais. E isso não tem nada a ver com os hábitos do(s) proprietário(s) – trata-se de conservação de energia.

Alguns edifícios são projetados para serem eficientes em energia desde o início. Portanto, são bem isolados, usam materiais eficientes em termos de energia, como telhados e janelas, e podem até ter aberturas instaladas em locais específicos para maximizar a eficiência energética dentro do edifício.

Mas mesmo que um edifício não tenha sido projetado para ser eficiente em termos de energia, você ainda pode dar a ele um upgrade de eficiência. Por exemplo, substituir lâmpadas incandescentes por LEDs pode fazer uma grande diferença na quantidade de energia que um edifício usa. Mudar para um ar-condicionado com classificação mais econômica ou instalar um termostato inteligente também pode proporcionar economia de energia.

Transporte com eficiência energética

Quando você está falando sobre o setor de transporte, eficiência energética significa usar menos combustível para viajar uma certa distância. Então, quando estamos falando de um carro com alto consumo de combustível, podemos dizer que é um carro com baixo consumo de energia.

O mesmo se aplica a meios de transporte maiores, como trens e aviões. Quanto menos combustível eles precisam para viajar uma certa distância, mais eficientes em termos de energia eles são.

Agricultura com eficiência energética

A agricultura é uma das indústrias mais intensivas em energia do planeta. Para cultivar, os agricultores não precisam apenas de eletricidade, mas também de grandes quantidades de água, pesticidas e fertilizantes. Tudo isso requer uma grande quantidade de entrada de energia para a fazenda.

Ao encontrar maneiras de usar pesticidas e fertilizantes naturais, bem como diminuir o consumo de água, menos energia será necessária para produzir a mesma quantidade de safras.

Mas e aí, quais são os benefícios da eficiência energética?

1 –  Ecologicamente correto

Ser mais eficiente em termos de energia diminui a quantidade de eletricidade que usamos, o que diminui a quantidade de dióxido de carbono e outros poluentes nocivos que liberamos na atmosfera. Como as mudanças climáticas continuam a impactar nosso planeta, é importante descobrirmos maneiras de diminuir nossas emissões de gases de efeito estufa.

2 – Reduzir a conta de energia elétrica

Diminuir o uso de energia não apenas ajuda o planeta, mas também ajuda o seu bolso. Ao reduzir o uso de energia, sua conta de luz será menor e você terá mais dinheiro para gastar em outras coisas. Se todos fizessem atualizações de eficiência energética em suas casas, mais dinheiro seria gasto em outras indústrias, levando a uma economia mais saudável.

3 – Criação de empregos

A indústria de eficiência energética emprega atualmente mais de 2 milhões de pessoas nos Estados Unidos – isso é mais do que toda a indústria de combustíveis fósseis. E continua crescendo: a indústria de eficiência energética criou mais novos empregos do que qualquer outro setor de energia em 2017, por exemplo.

4 – Reduzir o estresse na rede elétrica

O Brasil – agora, inclusive – tem passado por um momento de risco de apagão devido ao aumento da pressão na rede elétrica, por conta da baixa quantidade de chuva. E isso só vai se tornar mais comum, infelizmente. Nossa infraestrutura de serviços públicos é extremamente antiga e dependente das chuvas – para piorar, estamos colocando cada vez mais pressão no sistema.

Ao reduzir nosso consumo de energia, diminuímos o estresse na rede e, assim, reduzimos as chances de grandes cortes de energia.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

Energias renováveis

Energias renováveis representarão 37% da geração elétrica global até 2026, afirma AIE

Continue lendo
importação de módulos

Recorde: Trimestre registra o maior volume de importação de módulos FV na história do Brasil

Continue lendo
tarifas de energia elétrica

Medida provisória de redução das tarifas de energia assinada pelo presidente

Continue lendo
ranking global energia solar

Brasil avança para a 6ª posição no ranking global de energia solar

Continue lendo