Empresas de grande porte estão vendo na energia solar, uma ótima solução no fornecimento energético. Seguindo essa tendência global, o Google anunciou que irá desenvolver novas usinas solares nos EUA, totalizando 413 megawatts, para suprir parte da sua demanda elétrica, superando o Facebook Inc.

Dois dos maiores projetos, com 150 MW cada, serão construídos nos estados americanos do Alabama e Tennessee.

Entenda como funciona o processo de regularização do sistema fotovoltaico

Em desenvolvimento conjunto por duas empresas americanas, quando concluídos esses projetos serão as maiores usinas do Google, que utilizará a energia limpa para suprir 100% da demanda de seus data centers locais. O objetivo final do Google, segundo comunicado da empresa, é obter todo o consumo de eletricidade a partir de energia limpa.

O anúncio das duas novas usinas solares do Google vem apenas dois meses após o comunicado do Facebook sobre a construção de usinas solares também nos estados do Alabama e Tennessee, totalizando 377 MW, até então os maiores projetos desses estados.

Embora os detalhes do projeto sejam escassos, o Google disse que os projetos utilizarão 1,6 milhões de painéis solares e criarão centenas de empregos.

Faça um orçamento gratuito

Sua empresa também pode fazer parte dessa tendência, a energia fotovoltaica é capaz de suprir sua necessidade energética, trazendo economia e um fornecimento sustentável. Fale conosco, agende uma visita e saiba mais.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

Novos modelos de painéis soares

, ,

Pesquisa da USP afirma que energia solar será fundamental na retomada econômica pós-pandemia

Continue lendo

,

Em novo recorde, energia solar distribuída atinge 255 mil sistemas instalados e mais de R$ 15 bilhões em investimento

Continue lendo
Energia solar na retomada econômica - Elysia sistema fotovoltaico RS

,

Energia solar na retomada econômica: três motivos que colocam a tecnologia como protagonista

Continue lendo

, ,

Uso de energia solar no Brasil tem aumento de 14,4% no 1º trimestre

Continue lendo