Em plano ambicioso contra poluição, Europa quer ter 40% da matriz energética formada por fontes renováveis até 2040

Publicado em de de

Europa prevê o aumento do uso de energias limpas – como solar e eólica – e veto à fabricação de automóveis movidos a combustão a partir de 2035

A União Europeia (UE) apresentou na semana passada um novo plano para tentar reduzir a poluição gerada pelo bloco. O objetivo é conter o aquecimento global. O projeto, portanto, prevê o aumento do uso de energias limpas – como solar e eólica -, estímulos para o uso de carros elétricos e o veto à fabricação de automóveis movidos a combustão a partir de 2035.

O objetivo principal do pacote é reduzir as emissões de gases do efeito estufa em 55% até 2030, tendo como base os níveis de 1990, para que os países se aproximem da neutralidade de carbono. A meta europeia é alcançar a neutralidade até 2050. As emissões já caíram 24% em relação a 1990, enquanto a economia do bloco cresceu 60% no mesmo período.

Os 27 países do bloco europeu emitem atualmente cerca de 8% das emissões globais de carbono, mas se beneficiaram durante dois séculos da falta de regulações. Assim, puderam lançar poluentes sem controle enquanto expandiam sua produção industrial, a partir do século 19.

Brasil tem compromisso de neutralizar emissão até 2050

Além de reduzir a poluição, a UE quer estimular a criação de novas tecnologias de energia limpa, o que pode trazer benefícios econômicos. Uma das principais propostas anunciadas é uma mudança no mercado de carbono europeu, no qual os maiores geradores de poluentes pagam diretamente por isso. A venda de créditos de carbono será usado em projetos relacionados à energia limpa, e os países terão metas individuais de absorção do elemento. 

No caso brasileiro, aliás, há o comprometimento de cortar emissões em 37% até 2025 e em 43% até 2030. Em abril, durante a Cúpula do Clima promovida pelos EUA, o país se comprometeu a alcançar a neutralidade climática até 2050 – dez anos antes do previsto. E que o desmatamento ilegal, por sua vez, será eliminado até 2030.

Metas da Europa:

– Até 2035, reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 55%, em relação aos níveis de 1990. Já houve redução de 24%.

– Até 2035, atingir neutralidade climática (zerar emissões ou emitir somente o que for capaz de reabsorver) em setores como agricultura, pecuária e manejo florestal.

– Reduzir a emissão média dos novos carros em 55% até 2030 e 100% até 2035. Assim, todos os novos carros registrados no bloco terão de ser zero poluentes, como elétricos.

– Até 2040, ter 40% da matriz energética formada por fontes renováveis.

– Atingir a neutralidade de carbono completa em 2050.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

Empresa economizar conta de luz

, ,

Em tempos de racionamento… 30 dicas para sua empresa economizar na conta de luz

Continue lendo
Lâmpadas solares

, ,

As 7 melhores lâmpadas solares de jardim ou garagem do mercado

Continue lendo
Crédito de energia solar - Elysia energia solar Porto Alegre Rio Grande do Sul

, ,

Energia solar e créditos de carbono: entenda qual a relação entre essas modalidades

Continue lendo
Musica fotovoltaica Lorde

, ,

Música fotovoltaica? Cantora Lorde lança álbum chamado “Energia Solar”

Continue lendo