Escola profissionalizante Cachoeira do Sul - Elysia energia solar

Escola profissionalizante investe na produção de energia solar fotovoltaica

Publicado em de de

Instituição de ensino de Cachoeira do Sul adota energia limpa e reduz 61% o alto custo energético mensal

Mais uma instituição de ensino atinge a independência energética. Foi o que ocorreu com a escola de Educação profissional Seac, de Cachoeira do Sul, na região central do Estado. Com uma solução completa da Elysia, a escola recebeu a instalação de um sistema fotovoltaico de 4,4 kWp, composto por 10 painéis solares monocristalinos. 

O projeto fotovoltaico rendeu à escola a autossuficiência energética – ou seja, a produção de energia que atende a 100% do consumo local.

Com a geração de energia solar, a Seac também fica protegida contra novos aumentos na tarifa de energia elétrica. A escola, portanto, fica imune à inflação energética, passa a ter maior previsibilidade sobre um dos custos indiretos mais relevantes para o funcionamento do local de ensino. A proteção contra novos aumentos eleva a competitividade da escola, possibilitando um maior investimento em estrutura e atividades pedagógicas para os estudantes.

Energia solar é fundamental para escolas

Um dos custos mais elevados para uma escola, sem dúvida, é o consumo de energia elétrica. Afinal, trata-se de uma estrutura física grande, que exige o funcionamento contínuo de diversos equipamentos eletroeletrônicos para dar conta do atendimento aos estudantes. 

Nos últimos anos, no entanto, por causa dos frequentes reajustes na tarifa energética brasileira, a conta de luz tem ficado ainda mais salgada, possibilitando que as instituições de ensino comecem a buscar novas soluções para esse elevado custo fixo.

É aí que, mais uma vez, entra a energia solar fotovoltaica

Investindo em energia solar, portanto, uma escola pode reduzir seu custo com a conta de luz em cerca de 95%. O retorno do investimento, em média, tem ocorrido de forma muito rápida: em aproximadamente três anos, como é o caso da Seac.

“Com a instalação de um sistema fotovoltaico, a conta de luz pode ir para a taxa mínima. A escola diminui seu custo mensal com energia elétrica e, além disso, recebe uma tecnologia sustentável que valoriza o ambiente educacional”, explica Luccas Priotto, engenheiro de produção e sócio-diretor da Elysia.

A Elysia 

Com mais de 7 anos de atuação na região sul do Brasil, responsável por projetos e instalações no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, a Elysia é uma referência em energia solar. Com sede no 4º Distrito, em Porto Alegre, a empresa possui mais de 1.000 projetos finalizados. Os sistemas da Elysia, aliás, já levaram uma economia de mais de R$ 21 milhões na conta de luz dos consumidores. Já são, portanto, mais de 70.000 horas de instalação. A empresa se diferencia pela entrega de uma solução completa de energia solar, que envolve projeto, instalação, homologação e monitoramento do sistema.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

, , ,

Energia limpa: crescimento de 50% em 2023

Continue lendo
ons prevê nivel baixo de reservatorios

Alerta do ONS: níveis das hidrelétricas no Brasil podem chegar a 36% até julho 

Continue lendo

, ,

Recorde de demanda de energia: Sistema Interligado Nacional responde com eficiência e sustentabilidade 

Continue lendo

, , ,

Brasil já adicionou 2 GW de energia solar em 2024 

Continue lendo