Energia solar rural: propriedade de Maquiné reduz a despesa com luz em mais de 90%

Publicado em de de

Projeto de sistema de energia solar rural foi estruturado no solo e é composto por 30 placas solares – economia, no 1º ano, será de aproximadamente R$ 13 mil

Na cidade de Maquiné, uma propriedade rural abraçou a bandeira da sustentabilidade e passou a gerar energia limpa por meio da captação da luminosidade do sol. O sistema fotovoltaico projetado e instalado pela Elysia dá conta de 100% da demanda energética do local – o que potencializa a quantia economizada na conta de luz. Na média mensal, os moradores terão uma redução de 91% na despesa com energia elétrica.

Como funciona a energia solar?

Em uma estrutura montada no solo da propriedade, ocupando cerca de 60 m², foram instalados 30 painéis solares policristalinos. Esses equipamentos estão conectados a dois inversores solares da WEG, empresa parceira da Elysia. Essa composição dos componentes deu vida ao sistema fotovoltaico de 10,2 kWp de potência, que tem capacidade de geração média mensal de 1.200 kWh/mês. Trata-se, portanto, de um sistema projetado de forma a maximizar o seu desempenho – essa, inclusive, é uma marca registrada dos projetos da Elysia.

Faça um orçamento gratuito

Somente no primeiro ano de funcionamento, o sistema fotovoltaico impactará em uma economia de aproximadamente R$ 13 mil. Este valor poupado pode, inclusive, ser investido na ampliação produtiva da propriedade rural – isso também inclui aporte em novas tecnologias do campo. O retorno do investimento vai ocorrer em menos de 5 anos. Na prática, os moradores terão pelo menos cerca de 20 anos de “lucro” com a operação do sistema fotovoltaico. Hoje, no mercado, o investimento em energia solar é uma das aplicações mais rentáveis.

Benefícios da energia solar rural na agricultura

Em termos de sustentabilidade ambiental, o salto também é enorme. Com o uso de energia solar, a propriedade rural vai deixar de emitir 7.630 kg de CO2 na atmosfera. O local torna-se referência sustentável no município, além de deixar um legado de preservação ambiental para as próximas gerações.

Mesmo em momentos de crise econômica, o setor do agronegócio tem conseguido destaque. Um das justificativas para a força do setor é o investimento em novas tecnologias que contribuem para o aumento da produtividade, a adoção de boas práticas sustentáveis e de gestão da propriedade rural. Esse elementos aumentam a competitividade dos produtores rurais nos diferentes mercados consumidores.

Já podem ser vistos diversos exemplos no Rio Grande do Sul de como propriedades rurais estão se beneficiando ao adotarem práticas mais econômicas e sustentáveis, como a utilização de energia solar fotovoltaica. Fazendas, das pequenas às de grande porte, geralmente contam com galpões para utilidades diversas, como estocagem de material, alimentos, maquinários e animais. Por isso, muitos empreendimentos estão instalando projetos fotovoltaicos em coberturas ou em solo, contando com boa radiação solar durante o dia.

No sul do Brasil, Elysia é referência em solução completa de energia solar

Com mais de 300 projetos finalizados no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, a Elysia é uma das principais empresas de energia solar da região sul do Brasil. Além da comprovada excelência em todas as etapas da aquisição do sistema fotovoltaico, a empresa dispõe de profissionais de instalação certificados com todas as normas regulamentadoras exigidas para a execução do serviço. A equipe também passa constantemente por treinamentos de aprimoramento e atualização. 

Sempre é bom lembrar: antes de adquirir um sistema fotovoltaico, pesquise sobre a empresa em que está realizando o investimento. Sempre analise as garantias dadas pela companhia, além de verificar a reputação dos responsáveis técnicos pela instalação



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

, , ,

Energia limpa: crescimento de 50% em 2023

Continue lendo
ons prevê nivel baixo de reservatorios

Alerta do ONS: níveis das hidrelétricas no Brasil podem chegar a 36% até julho 

Continue lendo

, ,

Recorde de demanda de energia: Sistema Interligado Nacional responde com eficiência e sustentabilidade 

Continue lendo

, , ,

Brasil já adicionou 2 GW de energia solar em 2024 

Continue lendo