Energia solar em Escola - Elysia sistema fotovoltaico

Energia solar é a solução para reduzir o alto custo das escolas com a conta de luz

Publicado em de de

Além da economia, energia solar nas escolas é exemplo de ação sustentável e contribui para o fortalecimento da reputação da instituição

Um dos custos mais elevados para uma escola, sem dúvida, é o consumo de energia elétrica. Afinal, trata-se de uma estrutura grande, que exige o funcionamento contínuo de diversos equipamentos eletroeletrônicos, para dar conta do atendimento aos estudantes. Nos últimos meses, por causa dos frequentes reajustes na tarifa energética brasileira, a conta de luz tem chegado ainda mais salgada – o que fez com que as instituições de ensino começassem a buscar novas soluções para esse elevado custo fixo.

É aí que, mais uma vez, entra a energia solar fotovoltaica. 

Investindo em energia solar, portanto, uma escola pode reduzir seu custo com a conta de luz em cerca de 95%. O retorno do investimento, em média, tem ocorrido de forma muito rápida: em aproximadamente três anos. Com a geração de energia limpa, a escola também fica protegida de eventuais novos aumentos tarifários, o que confere à direção maior previsibilidade econômica.

“Com a instalação de um sistema fotovoltaico, a conta pode ir para a taxa mínima. Diminui o custo mensal e, ainda assim, investe-se em uma tecnologia de tal forma que valoriza o ambiente educacional”, explica Luccas Priotto, sócio-diretor e engenheiro de produção da Elysia. 

Educando pelo exemplo sustentável

Não há lugar mais propício para ensinar às novas gerações sobre consciência socioambiental e a importância de preservar os recursos naturais do que nas escolas. E foi exatamente o que fez a Escola São José, de Canoas, na Grande Porto Alegre. A instituição de ensino recebeu uma solução completa de energia solar da Elysia. Desde 2019, portanto, está gerando energia elétrica suficiente para suprir a demanda da instituição de ensino e de uma clínica veterinária, do mesmo proprietário, que fica ao lado da instituição de ensino. Com isso, a escola e a clínica tornaram-se 100% sustentáveis.

Composto por 82 placas solares e dois inversores, o sistema fotovoltaico da Elysia foi instalado no telhado da Escola São José. Com potência de 27,5 kWp, o sistema tem capacidade de geração mensal média de 2.876 kWh. Funciona da seguinte forma: a geração de energia excedente da escola – isto é, o que a instituição de ensino não utiliza para consumo próprio – se transfere automaticamente para abastecimento da clínica veterinária. 

Com a utilização de energia fotovoltaica, os empreendimentos têm uma redução de cerca de 93% na conta de luz. A economia é em torno de R$ 4,6 mil ao mês, de acordo com estimativa técnica. Em dois anos de operação do sistema, os empreendimentos já deixaram de gastar em torno de R$ 100 mil em energia elétrica. Ambientalmente, o impacto também é positivo. Só no primeiro ano de funcionamento do sistema, já deixaram de ser emitidos em média 3.000 kg de CO2 na atmosfera.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

Aumento da conta de luz - Elysia Energia Solar Rio Grande do Sul

, ,

Conta de luz da CEEE fica 14,62% mais cara para consumidores gaúchos

Continue lendo
Mercado com energia solar Porto Alegre

,

Por que o aumento na conta de luz torna o investimento em energia solar ainda mais atraente?

Continue lendo
Produtos solare s- Elysia energia fotovoltaica Rio Grande do Sul

, ,

8 produtos solares que podem ser utilizados no dia a dia

Continue lendo
Energia Solar em Porto Alegre - Rio Grande do Sul

, ,

Conheça 8 diferenciais da equipe de instaladores da Elysia

Continue lendo