Elysia é destaque em reportagem de capa do jornal Zero Hora

Publicado em de de

Edição do dia 25 de setembro de Zero Hora abordou o crescimento da energia solar no Rio Grande do Sul, com destaque para o aumento da geração de empregos no setor 

A Elysia foi destaque da reportagem de capa do jornal Zero Hora, a edição do dia 25 de setembro. A reportagem assinada pelo jornalista Anderson Aires trata da expansão da energia fotovoltaica no Rio Grande do Sul, com foco no aumento da geração de emprego no setor. Quem participou da reportagem foi o sócio-fundador e diretor comercial da empresa, Luccas Priotto.

Leia a reportagem completa

No conteúdo, Priotto conta um pouco da trajetória da Elysia, que tem sede em Porto Alegre e atua no setor desde 2016.  Ele afirma que a companhia acompanha o crescimento do setor em expansão de atendimento, faturamento e de geração de emprego. 

Faça um orçamento gratuito

“Nossa empresa começou com dois sócios e mais um engenheiro, três pessoas. Em 2018, já estava em oito pessoas e agora em 2020 a empresa está com 35 funcionários. Para o ano que vem, já estamos com uma previsão de terminar o ano com um número de 50 a 60 funcionários”, afirmou Priotto ao jornal.

Como funciona a energia solar?

O diretor e fundador da Elysia destacou que essa demanda por funcionários também eleva a busca por especialização e a oferta de profissionais capacitados tanto na parte operacional quanto na comercial.

“Abriu espaço, por exemplo, para o engenheiro comercial, que é um profissional técnico, mas que também tem um lado comercial. Esse é um papel que é muito difícil de achar no mercado, mas que cada vez mais vem se especializando”, analisou. 

Mais sobre a energia solar no RS

Atualmente, o Brasil ultrapassou a marca de 300 mil conexões de geração distribuída solar fotovoltaica, conforme a Absolar. Em potência instalada, o país concentra 3,6 gigawatts. 

O Rio Grande do Sul é o segundo Estado brasileiro em potência instalada na área de energia solar, com 446,9 MW (13%), ficando atrás apenas de Minas Gerais, que concentra 671,5 MW, segundo a Absolar, com dados agrupados até o dia 1º de setembro. 

No RS, 67% das instalações são residenciais. No entanto, na potência instalada, comércio e serviços lideram, com fatia de 40%. Caxias do Sul (16,9 MW), Santa Cruz do Sul (15,4 MW) e Novo Hamburgo (12 MW) ocupam o topo em potência instalada.

Nos nove primeiros meses deste ano, o Estado já ultrapassou o total de geração distribuída em 2019. Até 24 de setembro, o RS registrava 17.340 conexões instaladas no ano, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Nos 12 meses do ano passado, esse montante ficou em 15.028.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

,

Elysia é destaque em reportagem de capa do jornal Zero Hora

Continue lendo
Energia solar em metalúrgica de Porto Alegre

, ,

Projeto da Metalúrgica Visconti, realizado pela Elysia, é destaque na coluna da jornalista Giane Guerra

Continue lendo
Energia solar comercial Gravataí - Elysia sistema fotovoltaico RS

,

Projeto de energia solar da Elysia é destaque no Correio de Gravataí

Continue lendo

Atendimento especializado em energia solar é ferramenta fundamental para bom funcionamento do sistema fotovoltaico

Continue lendo