Aumento da conta de luz - Elysia Energia Solar Rio Grande do Sul

Consumidores gaúchos terão aumento na conta de luz a partir de junho

Publicado em de de

Clientes da RGE sofrerão reajuste de 9,5% na conta de luz, elevação que representa quase o dobro da inflação registrada em 2022 

Em junho, os consumidores gaúchos residentes na área de concessão da RGE deverão ter a confirmação de mais um aumento na conta de luz. No próximo mês, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) deve anunciar o reajuste de 9,49% na tarifa de energia elétrica para unidades consumidoras residenciais. Trata-se de mais uma elevação acima da inflação oficial do país, o IPCA, que fechou em 5,79%.

Quer fugir dos aumentos na conta de luz? Invista em energia solar!

Mais de 3 milhões de unidades consumidoras, localizadas em 381 municípios gaúchos, serão impactadas pelo novo aumento tarifário. Entre as principais cidades atendidas pela RGE, estão Caxias do Sul, Canoas, Novo Hamburgo, Santa Maria, São Leopoldo e Uruguaiana. 

Com energia solar, consumidores ficam livres de aumentos na conta de luz

O reajuste da tarifa da RGE é resultado da chamada Revisão Tarifária Periódica (RTP), realizada pela Aneel, análise que ocorre a cada quatro anos. A RTP é um processo complexo, que envolve a definição de elementos como o custo eficiente da distribuição e as metas de qualidade e de perdas de energia. A outra forma de estabelecer o percentual de reajuste tarifário é por meio do Reajuste Tarifário Anual (RTA), realizado anualmente – exceto no ano em que ocorre a RTP.  

Geração de energia fotovoltaica pode reduzir em até 95% o custo da conta de luz

O anúncio oficial do reajuste deve ocorrer nos próximos dias pela Aneel, que está finalizando a análise das contribuições da audiência pública presencial, realizada em São Leopoldo, no início de maio, e da consulta pública 009/2023, finalizada no dia 12 deste mês.

Mais aumento para os gaúchos

No primeiro trimestre deste ano, os consumidores gaúchos foram impactados por mais uma elevação na conta de energia elétrica. Isso porque os estados voltaram a incluir na base de cálculo do ICMS as chamadas Tust e Tusd, tarifas pagas pelos usuários da rede de energia elétrica pela utilização dos sistemas de transmissão e de distribuição. A projeção é de que o retorno da incidência das tarifas sobre o ICMS esteja elevando, em média, cerca de 9% a conta de luz dos gaúchos.  



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

ons prevê nivel baixo de reservatorios

Alerta do ONS: níveis das hidrelétricas no Brasil podem chegar a 36% até julho 

Continue lendo

, , ,

Desindustrialização brasileira atribuída ao aumento do custo de energia, afirma diretor da Aneel 

Continue lendo

Tendência de subsídios na ANEEL: energia renovável supera combustíveis fósseis na conta de luz brasileira 

Continue lendo
Empresa de Porto Alegre com energia fotovoltaica - Elysia energia solar Rio Grande do Sul

,

Trajetória de preços da energia solar mostra que 2023 é o ano ideal para investir

Continue lendo