china

Como a China se tornou uma potência em energia solar? 

Publicado em de de

A ascensão da China como líder global em energia solar foi impulsionada por uma série de fatores, incluindo incentivos governamentais e acesso a linhas de crédito com taxas atrativas.

Este país consolidou sua posição como principal fabricante e exportador de equipamentos fotovoltaicos, fornecendo produtos para todo o mundo. 

De acordo com um estudo da Wood Mackenzie, até 2026, a China deverá ser responsável por mais de 80% da capacidade global de fabricação de componentes fotovoltaicos, como polisilício, wafer, células e módulos solares. 

Faça seu orçamento de energia solar aqui!

Mesmo com o crescimento de outros mercados, como os Estados Unidos, Índia e União Europeia, que têm adotado políticas mais agressivas de incentivo à produção de energia solar, a China mantém sua supremacia. 

Em 2023, por exemplo, a China investiu mais de US$ 130 bilhões na indústria solar, projetando-se para atender à demanda global até 2032.

No Brasil, a maioria das marcas de equipamentos fotovoltaicos utilizadas vem do mercado chinês, com um aumento significativo nas importações em 2023 em comparação com o ano anterior. 

A China, reconhecida por sua iniciativa em fontes de energia limpa, tem investido continuamente nesse setor.

Desde o início desta década, quando enfrentou uma crise imobiliária significativa, o governo chinês redobrou seus esforços para impulsionar o desenvolvimento e a adoção de tecnologias sustentáveis, como energia solar e veículos elétricos.

Como a China assumiu essa posição no cenário global

Essa mudança estratégica não apenas fortaleceu a economia do país, mas também teve um impacto global significativo, posicionando a China como uma líder incontestável na transição para energias renováveis.

Os incentivos oferecidos pelos municípios e os empréstimos de baixo custo fornecidos pelos bancos estatais desempenharam papéis cruciais nesse avanço.

Além disso, a China continua a expandir seus investimentos em energia solar, conforme evidenciado pelos recentes anúncios de aceleração na construção de fazendas solares e outros projetos de energia renovável.

Essa abordagem alinha-se com os esforços globais para mitigar as mudanças climáticas e promover um futuro mais sustentável para todos.

Com sua posição dominante na indústria solar, a China está moldando ativamente o cenário energético global para as próximas décadas.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

mercado livre de energia

Mercado livre de energia registra movimentação de R$ 100 bilhões em 2023

Continue lendo
Energias renováveis

Energias renováveis representarão 37% da geração elétrica global até 2026, afirma AIE

Continue lendo
importação de módulos

Recorde: Trimestre registra o maior volume de importação de módulos FV na história do Brasil

Continue lendo
tarifas de energia elétrica

Medida provisória de redução das tarifas de energia assinada pelo presidente

Continue lendo