Carro elétrico - Elysia energia limpa

Carros elétricos crescem no Rio Grande do Sul, mas número de pontos de recarga precisam aumentar

Publicado em de de

Um estudo da Anfavea aponta que, até 2035, país vai precisar de 155 mil estações de recarga rápida para atender à demanda dos carros elétricos

O mercado de carros elétricos no Rio Grande do Sul emplacou 1.138 novos carros nos primeiros sete meses de 2022. Superou em 25% o mesmo período do ano anterior, quando vendeu-se 909 veículos eletrificados. O número representa, aliás, a comercialização de 2020 inteiro. No Brasil,  a alta neste mesmo intervalo de tempo foi de 34%. Ou seja: cada vez mais, o carro elétrico é uma realidade dentro do país.

Faça agora um orçamento gratuito de energia solar para o seu imóvel

Mas ainda há um gargalo: o abastecimento desses carros. E uma solução para equacionar esta carência, sem dúvida, é a energia solar.

Conheça o Renda Solar, uma forma de investir e ganhar dinheiro com energia solar

Quem afirma isso é o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Antônio Calcagnotto. Ele elogia o fato de o Rio Grande do Sul ter isentado a cobrança de IPVA dos carros elétricos, mas ressalta que a infraestrutura para abastecimento dos veículos ainda está atrasado, especialmente se comparado a Santa Catarina e Paraná.

Maior gargalo é nas estradas gaúchas

Em entrevista ao portal GZH, ele explica que os carros elétricos já não encontram problemas de locomoção dentro das grandes cidades, como Porto Alegre. Nestes municípios, locais como o 4Beer, onde a Elysia instalou e projetou um eletroposto, shopping, hotéis e outros comércios disponibilizam o serviço de abastecimento. Mas o gargalo ainda está nas estradas.

Segundo Calcagnotto, em um trajeto de São Paulo a POA, o caminho só é seguro até  Laguna. Depois, as opções de abastecimento elétrico são escassas. Ou seja, é preciso investir na infraestrutura de abastecimento de carros elétricos no Rio Grande do Sul. E fazer isso com energia solar, sem dúvida, é a maneira mais eficiente. A Elysia, por sua vez, possui experiência e conhecimento sobre a estrutura de instalação de eletroposto.

Brasil precisa abrir mais de 150 mil eletropostos até 2035

Um estudo da Anfavea aponta que, até 2035, quando deverão circular mais de 3 milhões de veículos elétricos no Brasil, seriam necessárias 155 mil estações de recarga rápida. Hoje, com uma frota de 100 mil carros eletrificados, não existem mais de 100 pontos em operação no Brasil. Ou seja: há espaço para crescer, e há um espaço para investir.



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

Plano Safra é lançado com taxas reduzidas para projetos de energia solar.

Continue lendo

O consumo de energia no mercado livre aumentou 10% em maio, de acordo com a EPE

Continue lendo

, , ,

Energia solar por assinatura no Brasil: Entenda quais são os obstáculos e as expectativas 

Continue lendo
espelhos orbitais

Espelhos orbitais: inovação na produção de energia solar 

Continue lendo